Errar é humano

“Errare humanum est”. Errar é humano, diz a sabedoria latina. Eis uma frase mal recebida. Entendemo-la como se o erro fosse uma excrescência de uma natureza humana fundamentalmente capaz. Quando alguma coisa corre mal e falhamos, lá vem o brocardo latino em nosso socorro, como se só nesse momento ele fosse válido e acertado. Fora disso, aí vamos nós com o nosso otimismo pueril e com essa mistificação de que o ápice da nossa existência está nas nossas mãos: “se tu quiseres, tu consegues!”, “o céu é o limite” blá, blá… Por essa razão, ficamos tão desaustinados quando falhamos, sobretudo quando isso acontece sob o olhar dos outros. No mundo das relações pessoais e, sobretudo, no mundo laboral, falhar é não ser bom profissional. Por essa razão despendemos tanta energia em “não falhar com nada” para que ninguém nos possa apontar o que seja.
Ora, dizer que “errar é humano” não é adicionar o apêndice do erro à nossa vida racional e organizada e impecável. Antes, é reconhecer que no âmago da nossa existência está a fragilidade, a parcialidade, o enviesamento e o erro dos nossos pensamentos, juízos e ações. Somos limitados no espaço e no tempo. Precisamos constantemente de estar abertos e disponíveis ao que nos chega de fora, para aprender, crescer, mudar. Mais ainda que limitados, habita-nos uma força que quer e se alegra com o mal. Ela também tem de ser combatida.
Devíamos ser bem mais compassivos com a nossa própria fragilidade, antes de nos colocarmos em cima do banco com o chicote vociferando contra nós mesmos. Devíamos ser mais capazes de aprender e crescer com os nossos erros e imperfeições. Devíamos estar atentos e disponíveis para aprender com os outros e a realidade – desse intercâmbio vasto e rico é que podemos progredir e aprender. Não por acaso, somos o mais desprovido dos seres vivos quando nascemos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s