Blog

A voz aos amigos (XXXI)

Um só A palavra diabo no grego clássico διάβολος ‎(diábolos), é constituída pelo prefixo διά ‎(diá) e por βάλλω ‎(bállō), «atirar» que exprime separação, divisão, pelo que diabo, literalmente, indica aquele que desune, que inspira ódio ou inveja (in Ciberdúvidas da Língua Portuguesa). Isto a propósito de que não nos faltam, enquanto humanidade, ideias e … Continue reading A voz aos amigos (XXXI)

Uma dor do tamanho do mundo

Enquanto esperava para transitar de uma atividade para outra, entrou, na sala, uma senhora para fazer a limpeza. Entre o meu sair da sala e a sua entrada, houve (há sempre, na realidade) aquele momento-relâmpago em que duas linhas se podem ou não cruzar. E esse cruzamento aconteceu. Eu tinha algum tempo até a atividade … Continue reading Uma dor do tamanho do mundo

A voz aos amigos (XXX)

Como se mede, hoje a distância? Quão longe é, hoje, o longe? I Há já algum tempo que vários dos meus filhos vivem e moram longe de casa. Daquela que era a sua casa. De entre eles, alguns ainda vivem no país e outros – uma das raparigas – não vive sequer no mesmo continente. … Continue reading A voz aos amigos (XXX)

Come, be my light

Que posso dizer aos passantes?Quando me sento, pelo fim da tarde, no meu banco junto à rua movimentada, procuro adivinhar o que se passará nessas vastas planícies que são a alma de cada um.Cada passante carrega dentro de si as perguntas-grandes, as perguntas cuja respostas lhes são veladas a seus próprios olhos.Não apenas as carregam, … Continue reading Come, be my light

A voz aos amigos (XXIX)

A figura do padre na literatura (VII) “Nas famílias, para salvar o património, somos muitas vezes obrigados a concluir as uniões mais estranhas.” Podíamos resumir assim o romance de François Mauriac “Les Anges noirs” (Anjos Negros).  Estamos diante dos ingredientes típicos do escritor francês: o mundo da burguesia, a família, casamentos arranjados por conveniência, o … Continue reading A voz aos amigos (XXIX)

Palavra intragável

Leio: “Senhor, Deus omnipotente, tudo está sujeito ao teu poder”. Leio e, instintivamente, qualifico esta palavra como intragável. Na linguagem quotidiana designamos assim o que não presta, nada vale, causa repulsa. Ali, intragável é algo que não se pode tragar, não passa no pescoço, fica preso. Talvez seja um pedaço grande demais ou estranho demais … Continue reading Palavra intragável

Pensa bem na tua situação

«Assim fala o Senhor do Universo: Este povo diz: “Não chegou ainda o tempo de se reconstruir o Templo do Senhor”». E a palavra do Senhor foi manifestada, por meio do profeta Ageu: «Para vós chegou o tempo de habitardes em casas confortáveis, enquanto este Templo continua em ruínas». Por isso, assim fala o Senhor … Continue reading Pensa bem na tua situação

Grande e pequeno

“Aquele que for o mais pequeno entre vós esse é que será o maior”.Tive de me sentar quando ouvi a frase. Como quem não quer a coisa e com a insistência dos seus companheiros, ele lançou a bomba. Já tinha dito várias outras, também difíceis, mas esta era por demais. Não era apenas difícil de … Continue reading Grande e pequeno

Poder e autoridade

Naquele tempo, Jesus chamou os doze Apóstolos e deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demónios e para curarem todas as doenças. Depois enviou-os a proclamar o Reino de Deus e a curar os enfermos. E disse-lhes: «Não leveis nada para o caminho: nem cajado, nem alforge, nem pão, nem dinheiro, e não leveis duas … Continue reading Poder e autoridade

Falei ontem com o meu amigo.Como têm sido estes dias, de uma parte a esta? Estranhos, disse…Exteriormente, depois das férias regressou ao trabalho: rotinas, hábitos, projetos, desejos de melhorar aqui e ali. É bom. Se alguém me vê de fora, afirmou, tudo está a seguir o seu curso. A mesma pessoa, as mesmas idas e … Continue reading

A carregar…

Something went wrong. Please refresh the page and/or try again.


Follow My Blog

Get new content delivered directly to your inbox.