Não chores

Jesus diz à viúva que acaba de perder o filho: “Não chores”.
De que lugar vem esta injunção? A que profundidade ou de que aproximação ao amor é que esta ordem é dada? A partir de que lugar Jesus o faz? Será um voto piedoso, como quando o dizemos sem convicção? Será apenas para que o outro cale a dor que interfere com a previsibilidade dos meus dias, como se verdadeiramente quisesse dizer: “a tua dor invade a segurança dos meus dias, não a quero.”
“Não chores”, diz ele. Não chores porque sei a partir de que lugar és amada. Garanto-te que há um vento que sopra do alto, capaz de dar vida aos mortos, de ressuscitar todos os sepultos que sobem e descem apressados as avenidas. Tenho para ti a palavra definitiva, essa que enxuga todas as lágrimas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s