A voz aos amigos (XIV)

QUEM SABE?

Quem sabe ser este o Tempo em que Te acolho?
Quem sabe ser este o Tempo em que Te escuto?
O Tempo em que deixo de lutar contra Ti?
O Tempo em que me abandono no Teu colo?

Quem sabe?

Quem sabe ser este o Tempo em que me deixo conduzir por Ti?
Quem sabe ser este o Tempo em que a minha vontade e a Tua se fundem?
O Tempo em que no Silêncio me encontro e Te encontro?
O Tempo em que confundo o Teu olhar com o dos outros?

Quem sabe?

Quem sabe ser este o Tempo em que só Tu me bastas?

João Pedro Lisboa

https://www.facebook.com/ohospedeignorado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s