A voz aos amigos (VIII)

Chamar o jejum à mesa

As religiões sempre sublinharam as refeições como um exercício espiritual riquíssimo de comunhão, no cultivo do essencial em prol da realização da humanidade. No entanto, facilmente este exercício ou tarefa do espírito pode tornar-se num mero ritual exterior e vazio.
Para evitar esta perda que transforma o comer num simples ou fausto sobreviver, é importante sermos capazes de chamar o jejum à mesa – ele permitirá apurar um sabor mais intenso e completo a cada refeição, que se quer sempre mais humana, mais amadurecida e expressiva.
O jejum é, sobretudo, uma oportunidade para nos revermos nas nossas necessidades reais, focando-nos na nossa verdade maior, dando passos concretos para ela. Diz o monge Carlos Maria Antunes, no seu livro “Só o pobre se faz pão”, que “o jejum deixa-nos indefesos, confrontados com a nossa nudez, libertando-nos da tirania das máscaras e expondo a pobreza radical que habita em cada ser humano. Revela que a nossa fome não é só de pão e que o nosso desejo mais profundo é sempre desejo do outro. Ampliando o nosso espaço interior transforma-se numa forma singular de hospitalidade, que permite o acolhimento de si próprio e do outro, na mais genuína originalidade e verdade”.
O jejum permite, então, a redescoberta da nossa radical verdade relacional. Não é uma mera questão de quantidade mas de qualidade, de significado. E isto faz com que o comer se torne expressão de hospitalidade, de comensalidade, de comunhão. O jejum implica sentarmo-nos à mesa com tudo o que somos e temos, sabendo-nos estruturalmente em relação com o outro, com a criação e o Criador. É este sentido último que vemos nas refeições de Jesus – são sinais do Reino.
Sentemo-nos à mesa.
E neste manjar, alimentemo-nos de um (re)encontro espiritual autêntico; saboreemos o (re)conhecimento do amor de Deus; provemos uma (trans)formação contínua com vista a uma (re)aproximação do outro…
Alegremo-nos: Cristo está em tua casa.

Daniela Rodrigues

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s